A exposição frequente e prolongada ao sol pode possibilitar a progressão de catarata, pterígio (comum em países tropicais), degeneração macular senil e tumores da córnea e conjuntiva.

Por isso, o uso de óculos com proteção solar ultravioleta A e B, mesmo por crianças, é muito importante para prevenir doenças como essas.

Existe algum tipo de lente que é a mais indicada?

As lentes precisam oferecer proteção contras as radiações ultravioleta do sol (UVA e UVB).

Além disso, as cores das lentes proporcionam formas de proteção diferentes, que devem ser levadas em conta na hora da escolha dos óculos de sol:

- As de cor âmbar e marrom, por exemplo, são mais indicadas para míopes e hipermetropes, pois protegem contra a luz azul do sol, que pode favorecer o surgimento de catarata.

- As castanhas, cinzas e verdes são ideais para pessoas acima de 60 anos, pois nessa idade costuma ocorrer uma perda, em maior ou menor grau, da capacidade de contraste da visão.

- As lentes cinza também são indicadas para quem possui astigmatismo e hipermetropia. Elas reduzem o brilho, sem alterar as cores naturais, podendo ser usadas sob luz solar intensa.

- As azuis proporcionam maior conforto no uso do computador, pois eliminam os tons vermelhos e amarelos. É importante que antes de adquirir seus óculos de sol, a pessoa consulte um oftalmologista para saber quais as lentes mais indicadas para o seu caso.

 

É perigoso usar óculos sem procedência?

Usar modelos falsificados ou com lentes de baixa qualidade podem ter efeito contrário, aumentando a agressão solar.

Por tanto, é sempre importante se certificar de que se está adquirindo um produto de marca reconhecida e com garantias de fabricação.